Search

sábado, 19 de maio de 2007

O Japão e o Século XIX (III)

Ainda não acabamos!
Só mais um pouquinho...
Bem, chegamos na Era Meiji, o verdadeiro século XIX no Japão.
Como vimos, o poder foi devolvido ao Imperador. Nessa época, muitas mudanças ocorreram, porque agora os portos estavam abertos ao mundo ocidental e, conseqüentemente, às ideologias e tecnologias do outro lado do mundo.
Foram abolidos os feudos e estabelecidas as províncias. O Liberalismo foi introduzido, e ocorreu a tripartição do poder (Legislativo, Judiciário e Executivo foram criados); o serviço militar não era mais um "privilégio" de nobres, mas uma obrigação de todos os cidadãos japoneses. Foram criadas escolas, e o curso primário se tornou obrigatório. Os movimentos democráticos começaram a surgir - agora que o Japão tinha tido contato com essas idéias de direitos do cidadão -, e, embora inicialmente abafados, logo o governo foi forçado a promulgar uma Constituição (1889), ainda que, curiosamente, ela concedesse plenos poderes ao Imperador...

Mutsuhito, interpretado por Nakamura Shichinosuke.:)
O Imperador Meiji... Ahn, bem... Pelo menos em "O Último Samurai"!xD
Em relação a costumes particularmente nipônicos, também houve uma grande modificação, já que havia um grande desejo, por parte de muitos, de ocidentalizar o Japão... Como por exemplo a proibição do uso de espadas; só quem podia portá-las eram os policiais, e olhe lá... Andar a cavalo, algo que somente nobres podiam fazer, ficou liberado para toda a população. O sobrenome, antes exclusividade dos samurais, foi adotado por toda a população a mando do governo. Também sob ordem do dito-cujo, a população masculina foi obrigada a cortar o cabelo (ao invés de andar com aquele corte bizarríssimo dos samurais...), no melhor estilo Colégio Militar ("vai cortar esse cabelo, aluno!"=D). A servidão acabou, e leis rigorosas sobre a compra e venda de seres humanos entraram em vigor. O casamento entre classes diferentes e até estrangeiros e nipônicos ficou liberado. Houve até quem defendesse de forma ferrenha o "cruzamento com estrangeiros" (que coisa mais animalesca, cá entre nós!o.õ) como forma de melhoramento da raça nipônica...:O

Japonesas e um piano.
Mulheres japonesas ocidentalizadas.
Em termos de tecnologia, ocorreu a industrialização do arquipélago; isso, aliás, foi uma das razões pela qual o Japão, atrás de matéria-prima e mercado, meteu-se em conflitos com a China e com a Rússia nesse período. O telégrafo, as estradas de ferro, o trem e o lampião a querosene (protagonista de muitos incêndios...) foram introduzidos na vida do povo japonês. Casas e roupas em estilo europeu foram produzidas em solo nacional, a fim de atrair atenção e respeito dos estrangeiros e familiarizar a própria população com aquele contato.
A Medicina, nas áreas de nutrição, bacteriologia e medicina preventiva, avançou consideravelmente com as pesquisas realizadas por cientistas da Terra do Sol Nascente. A Sismologia foi uma das áreas mais desenvolvidas, afinal, todo mundo sabe que em matéria de vulcão, terremoto e coisas do gênero, o Japão é PhD...;)

Versão Japonesa!
"Pessoas Surpreendidas pela Chuva sobre a Ponte", de Hiroshige.
A Arte... sim, a arte! Na abertura dos portos, a difusão da cultura ocidental dentro do país foi grande... Mas e para fora do arquipélago? A Europa descobriu o Japão artisticamente; tanto que criou-se um movimento na França e territórios europeus: o Japonismo. O Japonismo foi favorecido pelas Exposições Internacionais de 1862 (em Londres), de 1867 e 1878 (em Paris), feiras que traziam a cultura desse país pela arte. O ukiyo-e e outras técnicas de pintura e gravura japonesas tornaram-se populares através de estampas de leques, cerâmicas e tecidos, além dos próprios desenhos em si. Aliás, o movimento Art Nouveau (comentado pelo Couto), teve bases também na arte gráfica japonesa.
Muitos artistas europeus acabaram influenciados pela arte nipônica, inclusive aquele que a sora parece adorar: Vincent Van Gogh...:D

Versão Européia!
"Ponts Sous La Pluie", de Van Gogh. Com kanjis inventados pelo artista...xD
Bem, falta só mais UMA postagem sobre o assunto, que no caso tem a enorme quantidade de fontes de pesquisa utilizadas, além de um complemento sobre como a Era Meiji (e a história do Japão em si) já foi abordada pelo Cinema e pela Literatura...;)
Jaa!o/

Um comentário:

thatydias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.